24 de set de 2014
Mas e aí, vale ou não a pena economizar no casamento? Vamos mostrar aqui onde é possível gastar menos, mas também quais são os itens que merecem uma atenção especial (financeiramente falando) para que o barato não acabe saindo caro.



1) Atenção na hora de escolher a data e horário da festa - como o mercado de casamentos está bastante aquecido, a agenda de festas ao longo do ano fica bastante distribuída. Maio não é mais o mês queridinho entre as noivas, janeiro e fevereiro são os meses com procura um pouco menor e, por isso, com alguma chance de negociação. E é sempre bom cogitar uma festa durante a manhã ou à tarde, pois o casal também consegue economizar com a iluminação e decoração, que pode ser menos suntuosa, por conta do horário.

2) Opte pelo pacote completo - ao escolher o local da festa, o casal deve ficar atento aos detalhes que, a princípio, parecem exagero. Espaços que já oferecem um plano B, em casos de chuva, evitam que você gaste na contratação de um sistema de toldo ou cobertura. O gerador é essencial, falo isso por experiência própria, por mais que os noivos sempre achem desnecessário, se a luz acabar, acabou a festa. E todo o dinheiro investido vai embora junto com os convidados. Alguns locais têm gerador próprio, que evita o gasto e a dor de cabeça de procurar um para aluguel.

3) Dia da Noiva - optar pelo mimo pode ser uma cilada. Normalmente, esses pacotes com muitas atividades, como massagens, spa e banhos especiais, acabam deixando a noiva mais nervosa do que relaxada. Além disso, dá para abrir mão de alguns itens menos importantes que acabam saindo mais caro do que o normal, quando o estabelecimento ouve a palavra "noiva". Manicure e depilação, por exemplo, podem ser feitos em um salão de bairro mais barato um ou dois dias antes. No dia, o essencial é penteado e maquiagem, que devem ser marcados com bastante antecedência, para não ter imprevistos.

4) Bolo não precisa ser a estrela da mesa - caso os noivos queiram um bolo tradicional, devem lembrar que, normalmente, há dois diferentes: o cenográfico, aquele cheio de enfeites, andares e só com uma parte de massa para cortar, e o bolo "de verdade", que vai ser servido para os convidados. Ou seja: gasto na certa. Hoje em dia, temos ótimas alternativas, como o naked cake, o bolo sem cobertura, que segue um estilo vintage ou até mesmo a torre de cupcakes. Lembre-se de que seus convidados já terão a sobremesa do jantar e uma bela mesa de doces para aproveitarem.

5) Registros do evento - o casal pode escolher apenas as fotos e dispensar o vídeo, mas certamente haverá arrependimento se não houver bons registros do dia. Procure profissionais que estão iniciando a carreira, mas que tenham uma visão fotográfica que agrade e combine com o casal. É importante checar se o profissional tem estrutura e referências de trabalhos anteriores. Procure um fornecedor que entregue apenas o CD com todas as fotos em alta e baixa qualidade, assim é possível montar um álbum personalizado e com calma após a lua de mel: bem mais em conta.

6) Com comida não se brinca - O que define o preço de uma recepção é o tipo e a quantidade de comida que será servida, pois ela será cobrada por cabeça. Uma celebração estilo coquetel, em que os convidados comem de pé, dura pouco. Em um jantar completo, com mesas, os convidados ficam até tarde. Uma boa opção são as 'finger foods' ou ilhas temáticas de massas, queijos e vinhos ou crepes--, que saem mais barato que um jantar e entretêm os convidados por mais tempo. Mas lembre-se: não se economiza nem com a qualidade, muito menos com a quantidade. Se a comida e a bebida acabarem, as pessoas vão embora. 

7) Música - Para os noivos que fazem questão de ter banda no casamento, uma boa opção é contratar um grupo que já tenha DJ entre os integrantes, mas realmente não há necessidade de ter os dois, o DJ é uma ótima opção para animar a festa e, além de ser mais barato, se for um bom profissional, consegue agradar ainda mais os convidados, afinal o repertório é bem mais amplo e versátil.

8) Assessora de casamento vale a pena? - a resposta é simples: sim!!! Mas tenha calma. Existem opções para cada bolso, desde aquela que acompanha todo o planejamento, meses antes da ocasião, até a assessoria do "grande dia", que, na verdade, começa um mês antes. Nesse caso, bem mais econômico, a assessora checa o andamento com todos os fornecedores já fechados, faz uma visita técnica e, então, parte para a organização do evento. Uma boa assessoria pode prevenir erros gravíssimos, evitar prejuízos e, acredite se quiser, pode fazer o casal economizar, já que ela pode conseguir valores melhores com os fornecedores. 

9) Identifique os supérfluos - Não há necessidade de ter forminhas em tecido: elas vão direto para o lixo. Neste caso, escolha as de papel. Se o orçamento é curto, esqueça as lembrancinhas e fique apenas com o bem-casado. Existem itens completamente dispensáveis. O casal deve fazer uma lista de prioridades e procurar alternativas para o restante. Carro alugado para quê? Escolha um veículo bacana de algum membro da família.

10) Coloque a mão na massa - o famoso DIY (Do it yourself) "faça você mesmo", inspirado nos blogs norte-americanos, pegou forte quando o assunto é casamento. Mas a dica é: cuidado, não é tão simples assim. Nos Estados Unidos, os itens são vendidos prontos, em lojas especializadas. Aqui, a noiva realmente vai ter que fazer tudo por conta própria ou contratar um decorador, o que sai ainda mais caro. Se você tem talento para os trabalhos manuais, pense em itens que podem ficar prontos muito antes da festa, como pequenos artigos de decoração ou lembrancinhas, nada de deixar para a noiva arrumar os detalhes no dia do próprio casamento, não é?

Espero ter ajudado, breve mais dicas de economia !!
Beijoss

0 comentários:

Postar um comentário

Quem Escreve?

Danielle Almeida, Tenho 24 anos, sou engenheira de produção, ex- noiva, agora muito bem casada e apaixonada por assuntos de casamentos. Por esse motivo resolvi ajudar outras noivinhas a realizarem o seu sonho do casamento perfeito,com atualizações feitas assim que possível, porém com muito amor e carinho. Siga o blog e curta minha página no facebook. Caso não encontre o que procura no blog, entre em contato por e-mail. Amo casamentos, por isso tenho esse blog. Não forneço nenhum serviço para eventos.

Fan Page

Tecnologia do Blogger.

Casamentos Reais

Noivas (os) ou fotógrafos.. Querem ter suas fotos publicadas no blog?? Entre em contato!!

Anúncio

Visualizações

Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Anúncio